segunda-feira, 1 de novembro de 2004

JORGE COELHO EM TOMAR ACUSA GOVERNO DE ABRIR PORTA A MAIS TAXAS A COBRAR PELOS MUNICÍPIOS

O Dr. Jorge Coelho, Secretário Nacional responsável pela condução do processo autárquico para 2005, esteve no passado Sábado em Tomar, para participar na sua Convenção Autárquica.

Jorge Coelho alertou todos os autarcas presentes para os perigos deste orçamento de estado, no que às autarquias diz respeito, pelo facto de eleter um aumento global de 2%, quando a inflação vai ser superior em 2005 - logo há um decréscimo de verbas para as Câmaras e Juntas de Freguesia.

Jorge Coelho alertou ainda para um facto novo, que é o de o Municípios poderem vir a partir de 2005 lançar uma nova geração de taxas municipais, que agravarão a "cargas fiscal" sobre os Portugueses, solocando assim o ónus de novos "impostos" sobre os municípios portugueses, desresponsabilizando o Governo Central de tal matéria.

Sobre as Comunidades Urbanas, disse Jorge Coelho, que é "anedótica" a verba de aumento para as mais de 30 estruturas "criadas" pelo governo de direita - 200.000 contos, em relaçãoàs anteriores verbas disponibilizadas para as antigas duas Áreas Metropolitanas.

Sobre Tomar - Município onde o PSD conta com a sua mais forte maioria do Distrito (63%), Jorge Coelho assumiu a aposta do PS na conquista deste Município, reforçando a sua confiança na Federação e na Comissão Política Concelhia, para encontrarem "os melhores" para derrotar Miguel Relvas na sua "praça forte".