quinta-feira, 14 de setembro de 2006

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



12 de Setembro de 2006



O último número do “Acção Socialista” inclui uma extensa reportagem sobre o Fórum Novas Fronteiras realizado na Alfândega do Porto, onde o secretário-geral do PS, José Sócrates, recusou a privatização da Segurança Social, que considerou ser “uma conquista civilizacional”, garantiu que em 2006 não haverá Orçamento rectificativo e apontou os sinais positivos que a nossa economia tem vindo a registar.Destaque ainda nesta edição do órgão oficial do PS, que inclui um destacável de quatro páginas com o regulamento e regimento do XV Congresso Nacional, para uma entrevista com o ministro do Trabalho e Solidariedade Social, Vieira da Silva.


_________________________________________________


NOVAS FRONTEIRAS
Sócrates recusaa privatizaçãoda Segurança SocialO PS não pactuará com propostas para a reforma da Segurança Social que passem pela privatização do sistema. Esta foi a garantia deixada pelo nosso líder, José Sócrates, no dia 9, no Porto, na abertura do Fórum das Novas Fronteiras, onde também estacou a evolução positiva de vários indicadores económicos, o regresso de um clima de confiança, a derrota do pessimismo e reiterou o rumo traçado há ano e meio para a modernização do país, no âmbito da agenda reformista que o Governo tem vindo a prosseguir.

_________________________________________________


entrevista a Vieira da Silva
“Criados 50 mil postos de trabalho no último ano”Há uma viragem na capacidade de criação de emprego face ao passado recente, afirma o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, destacando ainda as medidas que o Governo está a tomar no sentido de tornar mais eficaz o apoio prestado às pessoas que se encontramna situação de desemprego. Em entrevista ao “Acção Socialista”, Vieira da Silva garante que as pensões vão continuar a crescer e salienta que as mudanças estruturais propostas pelo Governo em sede de concertação social visam assegurar a sustentabilidade da Segurança Social.

_________________________________________________


Comissão Nacional
Congresso Nacional marcado para 10, 11 e 12 de NovembroA Comissão Nacional do PS aprovou a realização do Congresso do partido para os dias 10, 11 e 12 de Novembro e as eleições dos delegadose do secretário-geral para o período entre 27 e 29 de Outubro. REGULAMENTO E REGIMENTO